85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Clube do Ouvinte da Paz

Consumo de cupuaçu previne doenças degenerativas

  • Publicado em 15/09/2017

Fruto típico da região amazônica, dono de um perfume doce, forte e bastante singular, o cupuaçu pode chegar a medir até 25 centímetros, e apresenta uma forma oval.

Provindo de uma árvore de 15m de altura chamada cupuaçueiro, o fruto apresenta uma cor castanha escura que dá um aspecto feio e estranho, mas ele apresenta uma enorme bagagem de benefícios para a nossa saúde e o nosso organismo. 

Ele pode ser acrescentado à sua dieta em forma de mousse, geleias, doces, sorvetes, compotas, licores, vinhos, e o mais clássico: pelo sumo, que apresenta um sabor azedinho e suave. Ele também é muito utilizado na produção de cosméticos, apresentando um maravilhoso efeito de protetor solar, protegendo nossa pele do cancro e de outras doenças características.

Benefícios do cupuaçu para nossa saúde

Entre as propriedades medicinais do fruto estão as vitaminas, os sais minerais e as fibras que são solúveis e acabam ajudando a resolver problemas gastrointestinais.
Ele é um ótimo estimulante do sistema imunológico.
Tem propriedades energéticas com ausência de cafeína, e são poucos os frutos da família do cacau que apresentam isso.
Muito bom também para o controle das taxas de colesterol LDL no sangue e para evitar que a pressão arterial se eleve de mais.
Na área estética, o cupuaçu apresenta um efeito maravilhoso sobre a pele e os cabelos. É utilizado em diversos tipos de cosméticos.
É um ótimo antioxidante, e por isso ele ajuda a melhorar algumas funções cerebrais.
Previne inúmeras doenças degenerativas.
Muito indicado para tratamento de qualquer problema cardiovascular ou gastrointestinal.
A semente do cupuaçu apresenta uma enorme quantidade de ácidos graxos oleicos.
O fruto também apresenta com bastante abundância outros nutrientes como aminoácidos, fósforo, fibra, além das vitaminas A, B1, B2, B3 e C.
Previne doenças como catarata, diabetes, hipertensão, câncer, degeneração muscular e perca de peso.